terça-feira, 7 de maio de 2013

Se quiser se casar com seu sogro, esqueça!

Hoje no trabalho houve uma situação em que me lembrei que, durante meus estudos do Código Civil, li certa vez que não há dissolução de parentesco com a extinção do casamento ou união. Ou seja, você pode até ter ex-marido, mas nunca terá ex-sogro ou ex-sogra. (Sifu, mermão!) Isso mesmo. Carma é carma.

Daí, afim de relembrar meus conhecimentos procurei no Google e veja só a primeira coisa que apareceu:

Eu sei que pode parecer muito tentador o casamento com o sogro, não é mesmo, meninas? Olhe bem para aqueles fios branco do bigode, entrando boca a dentro. Imagine a sua linda dentadura (com seus também lindos dentinhos) repousando dentro de um copinho com água na cabeceira da cama. Aquela barriguinha sexy esticando os botões da camisa (que foi branca um dia) bem fininha, quase puída porque é a que ele mais gosta e, portanto, usa todos os dias. E o pezinho que você deverá massagear todos os dias? Tem de lixar os calos, cortar as unhas e tirar aquele "sebinho" que fica debaixo delas. O cheiro? Ah, o chulé dele cheira a alfazema, né? Você chega toda sorridente com a tesoura para aparar os cabelos do sovaco, e ele diz: tá doida, mulher? isso é coisa de viado! Mas a principal vantagem mesmo é que você não precisará se preocupar com cuecas limpas para ele, afinal, ele nunca as usa.
De fato, o Código Civil está se tornando obsoleto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário