segunda-feira, 27 de junho de 2011

Ad olescente Ad aeternum

Hoje no Jornal do SBT passou uma matéria falando que os adolescentes demoram muito para assumirem responsabilidades. Tipo, um marmanjo de 18 anos, com uma vida difííícil de dar dó!

-Eu acordo muito cedo pra ir pro colégio, ? Então eu durmo depois do almoço, acordo e bate uma preguiça de arrumar... aí fica aí! - Nelsinho, sobre o fato de não arrumar a própria cama.

Cara! Eu vou entrar na Justiça pra reivindicar meus direitos retroativos! Eu quero ser adolescente nos dias atuais! O gabiruzão não faz nenhuma tarefa doméstica. Aposto que se procurar bem, encontramos copo ou prato sujo de lanche debaixo da cama dele! Eu não digo que precise trabalhar fora, não! Porque eu mesma comecei a trabalhar já tava com 20 anos! Não se compara a muitas pessoas que começaram com 14 por aí. Mas cada um tem de ter o bom senso de ao menos aprender a preparar sua própria comida e manter o ambiente minimamente arrumado.

Há pessoas que não crescem e não amadurecem nem a custa de “reza braba”! São eternos adolescentes quando o assunto é responsabilidade e atitude! Ficam em casa esperando o momento em que as coisas irão acontecer na vida deles e se queixam (sim, ainda encontram motivos para se queixar) de que as coisas são muito difíceis. Que não têm liberdade, que os pais são controladores, que o carro tá sem gasolina, que a mãe não comprou aquele vestido novo,...

Tem tanta gente com realidades tão diferentes! Tem jovem de 16 anos por aí pedindo a Deus para ter problemas comuns a uma pessoa de 16 anos! Porque é foda você ter apenas 16 anos e ver o mundo sob a ótica de uma pessoa de 30! Com conta pra pagar no final do mês e tudo mais. Só uma enquete. Sem olhar o preço na internet. Quanto você acha que custa um pacote de 5kg do arroz que você come em casa? Eu sei dizer porque faço compra desde os 12 anos. Meu pai tinha conta no mercadinho perto de casa. Eu ia lá, fazia a compra do mês, eles entregavam, depois ele passava lá e pagava. E se engana quem acha que eu comprava só badulaqueiras. Era tudo o mais econômico possível. Duas vezes por ano eu fazia orçamento em outros mercadinhos pra ver qual estava mais barato. E essa rotina vem me acompanhando desde então. A única diferença é que agora sou eu quem pago e compro todos os doces que quero. Eu to pagaaaandoo! E o adolescente lá de cima? Como será ele fazendo uma compra mensal de supermercado? Como será ele como chefe de família? Como provedor de uma casa? 18 anos, gente! Pelo amor de Deus!

3 comentários:

  1. Concordo completamente com a sua indignação.

    ResponderExcluir
  2. Maisa Borba04/07/2011 17:35

    na maioria das vezes esses adolescentes sao do sexo masculino e a culpa sao das maes que mimam demais os seus pequenos e lhes dao tudo a mao!

    ResponderExcluir
  3. O pior é que hoje em dia tem adolescentes do sexo masculino que são muito mais responsáveis que adolescentes do sexo feminino.
    Exemplo de uma menina da minha turma que não sabe dobrar a própria roupa.

    ResponderExcluir