domingo, 29 de julho de 2012

Poema indecente!

Nunca participei de uma quadrilha. 
Nem criminosa, nem junina.
E fui parar justamente na Quadrilha do Drummond!

2 comentários:

  1. Engraçado que na quadrilha do Drummond ninguém acaba preso...

    ResponderExcluir
  2. Não no sentido literal, Erre Ponto. Mas temos tantos tipos de prisões na vida, que difícil é encontrar alguém completamente liberto.

    ResponderExcluir