terça-feira, 29 de maio de 2012

Coisas de mãe, parte XXXII

Três coisas me envaidecem muito: quando elogiam minha beleza, quando elogiam minha inteligência e quando elogiam meu filho. Obviamente a que me deixa mais orgulhosa é quando elogiam meu filho. Que ele é lindo eu sei. Que ele é super inteligente eu também sei. Entretanto fico felicíssima quando as outras pessoas percebem isso sem que eu diga absolutamente nada. Sim. Sou modesta também. 

Hoje fomos à dentista e saí de lá estufada, com o ego altamente massageado.

"Parabéns, mamãe! Seu filho é lindo!"

Ele conversa bem, raciocina que é uma maravilha, presta atenção em todos os detalhes e tenho tentado torná-lo educado.

-Pedro?
-Quê?
-Quê?! 
-Senhora, mamãe.

Eu sei que vocês podem pensar que isso é um pouco demodè. Que hoje não se usa mais essas convenções. Mas eu acho bonitinho! Dá licença para eu criar o meu filho do meu jeito? É bacana a criança pedir benção aos mais velhos, é bacana falar por favor, obrigada e desculpe. E tenho trabalhado nessas coisas em que eu acredito que, se não fizerem bem a ele, mal também não há de fazer.

Quero contar uma peripécia do meu rebento transcorrida na data de hoje.

Todos os dias fazemos a seguinte oração "... Santo Anjo do Senhor me proteja, me guarde e me ilumine. Amém." Daí, ontem eu havia ensinado a ele como falar seu nome completo: Pedro Paulo Santos Rosa. Hoje de manhã eu perguntei para testar a memória do rapazinho:
-Filho, como é seu nome?
-Pedro Paulo.
-Pedro Paulo de quê?
-Pedro Paulo Santo... Anjo do Senhor...

Explodi em risadas. Olha o embromation do menino!

2 comentários:

  1. Embromation é a alma da... física do... do... do petrifiolismo.

    Para entender: http://www.youtube.com/watch?v=AHU1dkEhX0M

    ResponderExcluir
  2. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!

    ResponderExcluir